Como criar um blog e ganhar dinheiro – passo a passo

Hoje em dia, várias pessoas estão a procura de novas oportunidades de ganhar dinheiro extra. Isso porque, com a crise que se instala em diversos países do mundo, muitas pessoas estão a optar por abrir o seu próprio negócio, seja ele digital ou físico. No mundo digital o que há de mais rentável são os blogs, mas sabes como criar um blog?

É isso que iremos abordar aqui hoje… Vou-te ensinar de que maneira podes ter o teu blog sem grandes complicações. Vamos lá? 

Porque deves criar um blog?

Para empresas

  • Ajuda a criar autoridade: Identifica-te como uma pessoa que realmente é conhecedora de um determinado assunto.
  • Gera confiança: Podes criar mais facilmente laços com os teus potenciais clientes o que aumentará em grande número as tuas vendas.
  • Publicidade Gratuita no google: Se conseguires indexar o teu conteúdo nas primeiras páginas do google, já imaginas-te a quantidade de pessoas, que ao pesquisar sobre os produtos que vendes ou os serviços que prestas, vai visitar o teu site/blog?
  • Feedback: Os teus clientes podem facilmente deixar comentários sobre os serviços que prestas, e se forem bons vão ser vistos por outros potenciais clientes que inevitavelmente se sentiram mais confiantes para comprarem de ti ou optarem pelos teus serviços.

Blog pessoal

  • Contato com pessoas com os mesmos interesses que tu: imagina que escreves sobre viagens, e escreves um artigo sobre a tua ida a Paris. Falas sobre o que vistes, sítios que foste, restaurantes que gostas-te. Pessoas que também estejam interessadas em ir visitar Paris vão ver o teu artigo e possivelmente vão fazer o seu roteiro através das tuas dicas. Além disso pessoas que já tenham visitado Paris vão dar outras dicas e outros roteiros. No fundo uma troca de experiencias.
  • Podes ganhar dinheiro: Sim, podes ganhar dinheiro com aquilo que escreves. Vamos pegar novamente no exemplo de cima. Ok as pessoas leram o teu artigo, fizeram o seu roteiro como tu lhe recomendas-te. Mas agora vão ter de comprar a viagem, podes-te afiliar a uma agencia turística e sempre que alguém comprar através do teu site ganhas uma percentagem desse valor. Podes ver mais formas abaixo no tópico como ganhar dinheiro com o teu blog.

Escolhe sobre o que vais falar no teu blog

cervejaria do morro 1024x1024 - Como criar um blog e ganhar dinheiro - passo a passo

A escolha do nicho, ou assunto, que o teu blog vai abordar é sem dúvida o primeiro passo a tomar. É através dele que vais definir todo o conteúdo. Sobre o que vais falar, assuntos a abordar, o publico que queres atingir.

Quando crias um blog com a intenção de promover os teus produtos ou serviços então deves-te focar nesse tema e tudo o que gire em trono dele. Quando crias um blog com o intuito de promover produtos de outros, ou seja trabalhar em marketing de afiliados, então é nisso que deves concentrar todos os teus esforços. Se por outro lado o teu foco é criar um blog pessoal, podes-te dedicar a escrever o que mais gostas. Lembrando que que quanto mais especifico o teu blog for mais probabilidade terás de criar autoridade e destacar-te de toda a concorrência.

Principais nichos

  • Viagens: Podes falar sobre destinos turísticos, roteiros, os melhores hotéis para ficar, melhores restaurantes, lista de monumentos. Tudo o que esteja relacionado com a possível viagem do teu leitor, dicas que lhe facilitem a vigem.
  • Culinária: Sabes cozinhar bem? podes partilhar os teus conhecimentos melhores receitas, bolos, truques e dicas.
  • Moda: Respiras moda, vais a todos os desfiles, vês todos os programas, então podes escrever sobre isso.
  • Maquiagem: Podes partilhar o que sabes, os melhores produtos as melhores técnicas, podes até fazer vídeos e tutoriais.
  • Carros: velocidades, melhores marcas e modelos, teste drives.

Bom no fundo tudo o que tu gostas e que gere interesse em um grande numero de pessoas pode ser um bom tema a abordar.

O que ter em conta para escolher um nicho:

Há muitas coisas a ter em conta na hora de escolher um nicho ou um tema para o teu blog. Dependendo sobre quais são as intenções para a criação do blog, se o queres monetizar ou não, terás de ter em conta:

  • Gostar ou saber sobre o que estás a escrever: Isto é muito importante porque o teu conhecimento e a tua paixão pelo tema transparecem na tua escrita, isso vai ajudar-te a mais facilmente criares autoridade.
  • O interesse que o teu publico tem pelo tema: Não basta teres muito conhecimento sobre o tema ou paixão, se não tiveres alguém que leia o que escreves. Escolhe um tema que gere interesse, há várias formas de saber se o tema gera ou não interesse ao teu público.
  • Focar no tema do blog: Deves sempre focar no tema principal do teu blog e sobre os seus subtemas e não divagar sobre outros assuntos. Por exemplo se o teu blog fala de viagens, não vais começar a criar artigos sobre carros. Isso vai fazer com que o teu publico fique confuso e perca o interesse.

Escolha da plataforma

A escolha da plataforma é algo que não deve ser feito de animo leve. Ela vai definir a experiencia do usuário no teu blog, a rapidez com que ele é apresentado, as ferramentas que vais ter a tua disposição. Pode ser um fator determinante para o sucesso ou fracasso do teu blog.

Atualmente as maiores plataformas para a criação de blogs são o WordPress e o Blogger. Sendo o primeiro o mais utilizado em todo o mundo.

WordPress

Wordpress 1024x576 - Como criar um blog e ganhar dinheiro - passo a passo

Com mais de 26% de sites criados, torna esta plataforma a maior a nível mundial. Ela é um CMS, ou seja, Sistema de Gestão de Conteúdo, que te permite uma infinidade de opções. Podes criar basicamente tudo com esta plataforma.

As vantagens de utilização desta plataforma são muitas, vamos listar algumas:

  • Versatilidade: seja um site, loja virtual, um fórum ou um blog com esta plataforma podes criar tudo o que atua imaginação poder alcançar.
  • Fácil utilização: Não precisas de conhecimentos de informática para começar a usar.
  • Suporte fora de série: Com é a maior plataforma do mundo, em todo  e qualquer lugar podes encontrar resposta as tuas duvidas sobre a plataforma.
  • Criado a pensar nos dispositivos moveis: Hoje em dia mais de 50% das pessoas visita sites através dos telemóveis daí a importância deste ponto. 

Podes ver mais informações no artigo que escrevemos sobre esta plataforma.

Blogger

Blogger 1024x1024 - Como criar um blog e ganhar dinheiro - passo a passo

Foi durante muito tempo uma das maiores plataformas, mas devido á criação de muitos sites muito maus, a plataforma perdeu alguma da sua credibilidade.

Apesar de ser propriedade do google que lhe dá muita funções gratuitas, não a posso considerar melhor do que o wordpress.

Além disso, a usabilidade desta não tem nada a ver com o wordpress, precisas ter alguns conhecimentos técnicos para conseguires um melhor resultado na plataforma.

No entanto nada como experimentar.

Escolha do Domínio

Como escolher um bom Domínio

O domínio vai ser o nome da tua marca na internet, como o teu blog vai ficar conhecido, por isso é importante criarmos um domínio que gostes e que fique no ouvido e na memória de quem o acessar. Deves ter em conta que deve representar sobre o que escreves ou vendes.

Por exemplo não vais escrever sobre maquiagem e o teu domínio vai ser www.oscarrosmaisrapidos.pt não faz sentido.

Então aconselho-te a pensares muito bem num nome antes de avançares para esta fase, faz uma lista com os que te parecem melhores.

Depois de saber exatamente o nome que queres dar ao teu site, deves entrar na plataforma para registares esse nome e ver se está disponível. Com tantos blogs por aí talvez alguém já tenha pensado no mesmo nome e já o esteja a usar.

Eu sugiro-te a plataforma PTServidor

.PT .COM .NET .EU .ORG

Agora que criaste o nome perfeito e já foste ao PTServidor ver se está dísponível é hora de escolher a terminologia do teu site ou seja se vai ser o teu  onomedoteublog.pt ou .com ou .org, .net etc..

O que eu faria é: se o teu site ou blog é exclusivamente voltado para o público português deves escolher .pt isso dará mais segurança a quem lê o teu blog, sabem que também és português.

Se por outro lado pensas um dia em vir a trabalhar com outros públicos, deves escolher o .com.

O que NÃO deves fazer é escolher .net ou .info ou .eu ou todo o resto que seja diferente do .pt ou .com. Porquê? Existem imensos sites de má qualidade com essas terminologias então o google assume-as como pouco confiáveis. Se o nome que escolhes-te não está disponível nem em .pt nem em .com sugiro que alteres o nome para um em que iss seja possível.

Como registar o teu dominio

Entra no site do PTServidor

introduz o nome que escolheste para o teu blog e clica em pesquisar para ver se é possível registar o nome que queres.

Caso consigas vai-te ser pedido que preenchas as tuas informações.

Completa o pagamento, a plataforma permite pagar por transferencia bancária, multibanco ou paypal.

Escolha da Hospedagem

A escolha da hospedagem, ou alojamento, como queiras chamar é outro dos fatores a ter em conta quando pensamos em como criar um blog.

Mas o que é isto afinal da hospedagem?

Bom a hospedagem, de uma forma muito simples, é onde todo o conteúdo do teu site é guardado. Todo o conteúdo é guardado num servidor, sendo que quando alguém acessa o teu site, é o servidor onde o teu site está hospedado que envia as informações e conteúdos para que as pessoas possam navegar nele.

No caso do PTServidor, os servidores estão localizados em Lisboa o que é ótimo, pois assim as tuas páginas são carregadas muito mais rapidamente. Quanto mais longe estiverem localizados os servidores mais tempo demora a tua página a carregar.

Contratar a hospedagem através do PTServidor é bem simples e bem acessível também, dependendo do plano que escolhas claro. Podes encontrar vários planos disponíveis, mas se estás só agora a começar o plano mais básico vai-te servir na perfeição.

Depois de adquirido, deverás ligar o domínio á hospedagem para que o teu site poder funcionar corretamente. Vais receber um e-mail do PTServidor com as informações necessárias para o fazeres e alterares os name servers do teu domínio.

Como instalar o WordPress

Caso tenhas optado pelo serviço do PTServidor, assim que adquirires a hospedagem aparecerá a opção de instalar automáticamente o wordpress, basta clicares na opção do wordpress e será instalado automaticamente.

Caso tenhas optado por outro servidor e não saibas como fazer, deverás entrar em contacto com a equipa de suporte para te indicarem a melhor forma de o fazeres. Em todo o caso podes clicar aqui e ver a página de instalação do worpress e seguir os passos descritos.

Configurações iniciais

Fantástico, chegaste até aqui! Foi Díficil? Criar um site ou blog é bem simples e não precisas ter conhecimentos técnicos. Ainda assim se tiveste alguma dificuldade por favor deixe um comentário no fim do artigo, ou clica aqui para entrares em contato comigo e eu te poder esclarecer alguma dúvida.

Neste momento o teu site/blog está criado! Ok ainda está em branco, e vamos já alterar isso, vamos começar a configurar e dar-lhe um ar profissional com o teu toque 🙂

Isto é o que te vai aparecer assim que o wordpress for instalado.

A escolha do tema

O tema é a cara do site, por isso certifica-te que na hora de escolher não ficas com uma cara horrível!

Escolhe um tema, primeiro que seja agradável para o utilizador, que seja bonito, que seja responsivo ou seja que fique bem tanto em computador como em telemóvel (este é um ponto muito importante mais de metade do tráfego do teu site vem de telemóveis.)

O WordPress tem a tua disposição centenas de temas gratuitos que podes consultar aqui.

Se estiveres a começar e não tens muito dinheiro para gastar ou ainda não estiveres disposto a gastar podes usá-los, tem só em atenção na hora da escolha para te certificares que atende a todos os requisitos que mencionei acima.

Eu no entanto recomendo que uses um tema pago. Se a tua intenção é ganhar dinheiro com o teu site/blog quanto mais profissional ele parecer melhor serão os resultados que vais alcançar. Podes consultar centenas de temas fantástico no themeforest que podem atender a todas as tuas necessidades.

Porque deves usar um tema pago em vez de um tema gratuito?

Bom temas gratuitos toda a gente pode aceder a eles, ou seja vai haver centenas de sites com o mesmo tema que estás a usar, talvez até a falar do mesmo assunto que tu! Então é importante destinguir-te do resto da concorrência. Deixa que eles sejam mais do mesmo enquanto tu te destacas e alcanças o resultado que queres!

Outra questão é que temas gratuitos têm muitas limitações, não poderás ser tão criativo!

Deixa nos comentários o tema que escolheste se quiseres que te dê algumas dicas 🙂

Plugins básicos

Plugins, o que são? onde habitam? como se reproduzem?

Calma, plugins não são bichos de sete cabeças! aliás muito pelo contrário vão-te livrar de muitas dores de cabeça 🙂

São extensões do teu site ou blog, eles ajudam-te a acrescentar funções que não tens de origem no teu blog. Basicamente é como transformares um site normal num site tunning 😉

Tens plugins de todos os tipo e funções. Desde plugins que te ajudam com a velocidade de carregamento, SEO, com a edição de texto, criação de páginas, plugins de contacto… bem tens plugins para tudo o que possas imaginar.

A sua maioria são gratuitos, mas também vais encontrar plugins pagos. O que te aconselho é que antes de escolheres um plugin pago, pesquises para ver se não encontras um que faça as mesmas coisas mas de forma gratuita. Claro alguns vão compensar bem mais pagares, faz uma boa avaliação das tuas necessidades e vê o que mais te compensa.

Plugins que deves instalar

Existem plugins que deves ter logo de início por causa do sua importância. Estes são alguns dos que deves já começar a usar. Contudo lembra-te usa apenas plugins que vás ou estejas a usar. Demasiados plugins fazem com que o teu site fique mais lento.

Vamos lá:

Yoast SEO: este plugim vai-te ajudar muito em relação ao seo do teu texto e páginas. Ele analisa o teu conteúdo e da-te dicas de melhoramento para que os robôs do google consigam mais facilmente encontrar o teu blog quando alguem pesquisa pelo tema que escreves-te. Existe na versão gratuita e na versão paga.

Contact from 7: cria formulários de contacto para que as pessoas possam entrar em contacto contigo. Isso é muito importante para criares uma ligação mais forte com o teu publico.

Elementor: Vais conseguir criar páginas com um aspeto super profissional com este plugin, sem grandes conhecimentos técnicos criar páginas com aspeto profissional em minutos, só em agarrar e largar elementos. Existe uma versão gratuíta e a versão paga que vêm com elementos fantásticos do Envato.

W3 total cache: Este plugin faz com que o tempo de carregamento do teu site reduza drásticamente. Contudo é um plugin não tão fácil de configurar. Se não te adaptares bem com ele podes sempre procurar por outros do mesmo género.

Smush: com uma versão gratuita e uma versão paga, este plugin vai-te ajudar a compactar as imagens que vais introduzindo no teu blog. Isso vai ajudar o teu site a ficar mais leve e a carregar mais rápidamente.

Official Facebook Pixel: Estar em contacto com o teu público é fundamental. Certifica-te que te seguem em todo o lugar e que partilham o teu conteúdo.

Estes são alguns dos plugins que deves instalar em primeiro lugar, claro existem centenas de outros que podes testar, mas por agora concentra-te nestes. A medida que o teu site for crescendo vais sentir necessidade de ir instalando mais alguns. Basta ires ao dirétóro de plugins do wordpress e fazeres ua pesquisa que certamente encontrarás os que precisas.Podes ver todos os plugins presentes no wordpress aqui e podes ver mais plugins para wordpress no themeforest.

Criação de conteúdo

Bom agora que já tens o teu blog criado, é hora de começares a pensar em criar conteúdo. Nesta fase já deves saber do que se trata o teu blog e já deves ter um monte de ideias sobre o que queres publicar.

Antes de começares a escrever peço-te que atentes a algumas sugestões que tenho para ti:

Escolha do titulo: Cria um título que seja impossível de resistir.

Escreve sobre o que as pessoas já querem ler: Para começares a ter leitores no teu blog, primeiro vais ter de escrever sobre tópicos que as pessoas já estejam a procura e que queiram ler. Só depois deves começar a escrever sobre outros assuntos.

Mantem o foco no teu nicho/tema: Não escrevas sobre temas que não têm nada a ver com o que o resto do teu blog aborde. Como já referimos antes isso confunde os leitores e faz com que percam o interesse.

Usa imagens: O uso de imagens, não serve apenas para embelezar o teu texto, sabias que as pessoas também podem encontrar os teus artigos através delas? Deves usar sempre imagens próprias ou de bancos de imagem gratuitos, ou pagos, o importante é não usar imagens com direitos autorais.

Bom nós sabemos que nem sempre é fácil manter o conteúdo atualizado e estar constantemente a criar posts é bastante desgastante. Não faz mal ,não seres tu a criares todos os posts do teu blog.

Criação de conteúdo ilimitado: Existem freelancers que por um valor, podem escrever os artigos por ti, são geralmente pessoas que têm conhecimentos de SEO e criação de conteúdo. Podes encontrar estes profissionais em sites especializados como o workana e o fiverr.

Como gerar trafego para o meu blog?

O trafego á parte do conteúdo é a parte mais importante da criação de um blog. Se não vejamos, tu crias um blog, colocas tudo muito bonitinho, escreves textos fantásticos que vão ajudar imensa gente, mas ninguém está a entrar no teu site para ver o que escreves-te.

Porque é que ninguém está a visitar o teu site?

Bom há vários motivos para isso acontecer. Existem milhares e milhares de sites e blogs por toda a internet. Não é fácil para o google decidir entre tantos blogs quais são os que têm maior relevância para o utilizador e coloca-los, por esse mesmo motivo, nas primeiras páginas de pesquisa onde um maior numero de utilizadores acesa a informação.

Sabias que
Sabias que o Google avalia a autoridade do teu site, ou seja, o quanto ele é importante relativamente a outros sites, através de 200 parâmetros diferentes?

Vamos então ver onde deves focar a tua energia:

Velocidade de carregamento da página

Isto é algo que deves ter muito em conta, um site lento faz com que as pessoas percam o interesse e deixem de ler o que escreves-te. A gigante Amazon percebeu que a cada segundo que a página demorava a carregar, eles perdiam 1,6 bilhões em vendas.


Esse 1 segundo é essencial para fornecer uma grande experiência ao usuário – Jeff Bezos, CEO da Amazon.

Análise de palavras chave

Antes de começares a escrever um artigo, deves identificar em primeiro lugar as palavras chave mais relevantes sobre o assunto que vais tratar. Posto isto deves colocar essas palavras chave a prova, ou seja ver a quantidade de buscas que elas geram, a quantidade de pessoas que já usa essas palavras chave. Quanto mais uma palavra chave for procurada no google mais chances tens de alguém encontrar o teu site.

Para isso podes utilizar uma super, híper, fantástica ferramenta chamada Ubersuggest. Ela dá-te centenas de informações super uteis para a criação do teu conteúdo. Por exemplo o numero de pesquisas que essa palavra tem no google, quem já escreveu sobre esse assunto e o numero de visitas que esse site está a receber para esse artigo ou palavra chave!

Esta ferramenta foi criada pelo Guru do Marketing Digital Neil Patel. E neste momento deves estar a pensar: uma ferramenta tão boa deve ser caríssima ou muito complicada de usar! É GRATUITA! Além disso para a utilizares é super simples, basta colocares a palavra chave, ou o url do teu concorrente e trás todas as informações a tua disposição!

Usa as redes sociais

Como as redes sociais podem aumentar o trafego

Quem é que hoje em dia vive sem redes sociais? Eles são um meio fantástico de compartilhamento de informação. Além disso o número de compartilhamento e likes nas redes sociais indica ao google que aquele é um artigo que as pessoas gostam e que por isso tem relevância. Tem imensas a tua escolha basta saberes trabalhar com elas.

  • Facebook: Através deles podes fazer postagens de artigos que escreves-te e partilha-lo no teu feed pessoal, podes criar uma página e adicionar pessoas para que elas estejam sempre a par do que se passa no teu blog. Podes criar um grupo, com pessoas que se interessam em especifico pelo tema que abordas. Criar um storie a anunciar que tens um novo post no bolg, etc etc…
  • Instagram: Esta rede social prende-se mais com imagens do que textos, então tens de ter isso em consideração ao fazer a publicação. Escolhe imagens que sejam bem alusivas ao tema que abordas. Como acontece no facebook tens também a capacidade de publicar conteúdo no storie, seja ele um vídeo, uma imagem ou apenas um texto chamativo.
  • Youtube: O youtube, tem-se mostrado cada vez mais a ferramenta ideal para transmitir informações, e principalmente a gerar tráfego para os blogs que o usam. Imagina que escreves um artigo sobre um determinado assunto, seguidamente fazes um vídeo sobre esse mesmo assunto. Já tens duas formas de conseguir tráfego para o teu site. O youtube que é cessado por milhões de pessoas todos os dias e o teu blog, onde estará também o vídeo que criaste sobre o assunto.
  • Whatsapp: Com esta rede social podes criar uma lista de contactos de pessoas que têm interesse no que escreves, e sempre que publicas um novo artigo, partilhas com essa rede de contatos para que eles o vão ler.
  • E-mail Marketing:Cria uma lista de contatos de e-mail para que sempre que publicares alguma informação as pessoas sejam notificadas via e-mail. Claro, nem todas as pessoas vão ler o e-mail, provavelmente nem metade o lerá, ainda assim não custa tentar. Esta técnica é usada por quem trabalha em Marketing e tem muito sucesso quando tens uma lista de e-mail bem grande. A Plataforma mais usada para quem trabalha com o wordpress é o mailchimp.

Backlinks

O que são backlins?

Backlins no fundo são links que apontam para o teu site. Vejamos, imagina que escreves-te um super artigo, com informações muito relevantes. Eu li o teu artigo e pensei, bom eu tenho um artigo que se relaciona com o que tu escreves-te, então ao invés de eu criar um artigo semelhante ao teu, eu vou criar um link que aponte para o teu artigo.

Assim quem ler o meu artigo e quiser obter informações mais detalhadas pode clicar no link que eu coloquei no meu artigo e continauar a obter mais informações no artigo que tu escreves-te.
Calma não é complicado! basicamente eu estou a dizer as pessoas que o que escreves-te é bom e de qualidade e que elas devem visitar o teu blog.

Como conseguir Backlinks?

Podes conseguir Backlins através de imagens, imagina que crias uma imagem alusiva ao tema que escreves, e eu que também escrevo sobre o mesmo assunto, gostei imenso da imagem que crias-te e quero usa-la no meu post. Como não fui eu que criei a imagem então eu vou ter de referenciar a autoria da imagem para ti, criando um link para o teu site ou para o artigo onde a imagem se encontra.

Outra forma é através de conteúdo realmente relevante que faz com que outros donos de blogs criem um link para o teu conteúdo de forma a dar informações mais detalhadas aos seus leitores.

Trafego Pago

Também podes conseguir tráfego pagando. Certamente em pesquisas do google já viste que os primeiros resultados que te aparecem são anúncios. Eles estão posicionadas nas primeiras linhas de resultados para essencialmente captar mais tráfego para as páginas de quem paga esses anúncios.

Então onde podes criar anúncios para a tua página?

  • Google: o google permite que faças publicidade da tua página através dele. Para conseguir isso terás de usar a ferramenta GoogleAds para criar.
  • Facebook/ Instagram: Podes criar anúncios no Facebook e escolher que eles sejam transmitidos também no instagram.
  • Native Ads: São aqueles anúncios, meio disfarçados que às vezes encontras no meio de posts ou em canais de notícias. Têm-se provado das melhores formas de gerar tráfego, precisamente porque se misturam com o conteúdo dos sites e de alguma forma se relacionam com ele.

Como ganhar dinheiro com blog

Existem muitas formas de ganhar dinheiro com blogs. Mas antes de criar blog com a intenção de ganhar dinheiro lembra-te de qual é a principal função do blog ou site. Os blogs e sites servem sobretudo para gerar e compartilhar informação útil para quem os procura!

Se te concentrares apenas em ganhar dinheiro e deixar o conteúdo de lado, ou não gerarem informações relevantes a quem visita o teu site não vais ter qualquer tipo de resultados.

Lembra-te, ajudar as pessoas que chegam  até ti, pelo teu conhecimento e pela criação de conteúdo está na base de tudo!

Então vamos lá:

GoogleAdwords: Esta é uma ferramenta do google que permite que o mesmo coloque anúncios dentro do teu site. Ganhas sempre que alguém clicar no anúncio. Não é a formas mais rentável, mas sempre é uma ajuda extra.

Venda de espaço Publicitário no teu blog: Funciona mais ou menos como o GoogleAdwords, com a diferença de que são as próprias empresas e não o google que te vão pagar um valor que definires para publicarem no teu site. Isto acontece quando o teu site já tem bastante relevância e um grande número de visitas.

Promoção dos teus próprios produtos: Imagina que tens jeito para fazer malas, vamos imaginar, podes criar uma loja virtual dentro do teu blog e vender os artigos que tu produzes lá.

Marketing de Afiliados: Podes vender/ aconselhar produtos ou serviços criados por outras pessoas no teu site e ganhar uma comissão sempre que alguém compre um produto ou serviço através da influência do teu blog. Podes ganhar mais de 50% de comissão sobre um produto. Basta escolheres produtos, que se enquadrem dentro do assunto que abordas, que permitam afiliação.

Investe no teu blog

Onde deves investir no teu blog 1024x576 - Como criar um blog e ganhar dinheiro - passo a passo

Como já percebeste criar um blog é uma tarefa fácil, não tem muito que saber e nem precisas de competências informáticas. Podes até criar de forma gratuita.

Agora vamos ver o porquê e como deves investir nele. Se o teu objetivo é criar um blog/ site pessoal, não vais precisar de investir em praticamente nada, talvez num bom tema, um ou outro plugin pago, mas pouco mais do que isso.

Mas se o teu objetivo é criar um site profissional, então vais ter de investir alguma coisa. Calma! não estou a falar em centenas de euros, estou a falar em pouquinho dinheiro que te pode trazer muito retorno!

Ora vamos lá ver:

Ter um domínio próprio: ter um domínio próprio faz parte de criar a tua marca! é sobretudo por ele que o teu blog vai ficar conhecido. Com domínios gratuitos o teu site não vai gerar credibilidade e vai parecer que és um iniciante, que embora possas ser, terás de passar sempre uma imagem o mais profissional possível para conseguirmos gerar vendas.

Contratar uma boa hospedagem: este fator tem muita relevância sobretudo em relação a velocidade de carregamento da tua página, que como já te disse é um dos fatores que o google vai avaliar para tornar o teu site mais ou menos relevante.

Temas: o tema é a cara do teu site, quanto mais apelativo ele for, mais hipótese tens de atrair e fidelizar mais leitores! Ninguém gosta de estar a olhar para um site feio e todo entulhado com demasiada informação, mal organizado! Embora o WordPress tenha a tua disposição centenas e centenas de temas gratuítos, mas pouco configuráveis, o meu conselho é que te destaques da maioria dos teus concorrentes com um tema simplesmente espetacular e que atenda na perfeição as tuas necessidades.

Plugins: Como já falámos os plugins são extensões do WordPress que lhe acrescentam mais funções. Existem alguns que acrescentam tanto valor ao teu site e te facilitam tanto a vida que de facto compensam comprar a versão paga. O meu conselho é que faças sempre uma avaliação antes de avançares para a versão paga. Pensa este plugin ajuda-me imenso? Acrescenta valor ao meu blog? Vou usa-lo a longo prazo? se respondermos que sim a estas perguntas talvez valha a pena o investimento.

Freelancers: Ter um blog pode ser uma dor de cabeça. Não sabes sobre o que vais escrever a seguir, estás com um bloqueio criativo… Não sabes como editar uma imagem…Não sabes como vais configurar o SEO do teu blog…não sabes editar um video…não sabes como criar um logotipo? Contrata alguém que saiba. Eles cobram muito pouco pelos serviços que prestam e tu ficas com o problema resolvido!

Anuncios: Se pensas que vais criar um blog ou site e vais começar logo a receber centenas de visitas e a realizar montes de vendas? Desculpa mas tenho de te avisar já que não funciona assim! Para conseguirmos bons resultados só com o teu conteúdo pode levar meses e até que isso aconteça provavelmente vais desanimar e deixar o blog de lado. O que deves fazer, principalmente nos primeiros tempos é investir em alguma publicidade para atrair leitores ou clientes até ti. Não estou a falar para gastarem fortunas, vê dentro do teu orçamento quanto podes despender para esta fase.

O que deves reter

Resumo como criar um blog 1024x576 - Como criar um blog e ganhar dinheiro - passo a passo

Em Primeiro lugar desculpa por me ter estendido tanto neste artigo, espero que não tenha sido muito massante, mas queria de facto transmitir o máximo de informação para que consigas de facto criar um blog e ter os resultados que esperas.
Então vamos lá a um pequeno resumo:

Deves escolher o tema que vais abordar e não fugir desse tema, escolher um bom domínio e hospedagem pois isso vai ter muita influência na forma como o google vai olhar para o teu site/blog

Instalar o WordPress, caso não consigas podes entrar em contato comigo , estou aqui para te ajudar, ou então tens centenas de milhares de tutoriais no youtube que te ensinam a faze-lo passo a passo.
A escolha do tema é a cara do teu site escolhe um que tenha um aspeto o mais profissional e limpo possível, seja ele gratuito ou pago.

Começa a escrever, não te esqueças dos pequenos truques que te ensinei, encontra uma palavra chave, coloca-a no uberseggest para ver se tem muita procura no google e o que os teus concorrentes já escreveram sobre ela.
Depois do conteúdo, deves canalizar pessoas para o teu blog, de nada te serve ter um blog se ninguém o lê nem ninguem compra de ti. Para escrever só para ti é mais fácil arranjar um diário 🙂 De forma orgânica ou de forma paga escolhe a estratégia que melhor se adequa ao teu projeto.
Com toda a estrutura montada podes escolher se queres ou não ganhar dinheiro com o teu blog. Escolhe uma das formas que te mencionei, GoogleAdwords, venda de espaço publicitário no blog, vender os teus produtos ou mesmo por marketing de afiliados, cabe a ti escolher o método que mais se adequa aos objetivos que queres alcançar e começa a ganhar dinheiro. Mas não te esqueças que o principal motivo porque criar um blog gera dinheiro, é porque as pessoas encontram de facto algum valor neles, informações, sugestões que realmente as ajudam. Se não tiveres sempre isso em mente de nada te servirá criar um.
Por fim e algo que é muito importante também é que se queres ganhar dinheiro com sites ou blogs vais ter de investir, mais ou menos, isso depende de ti, para o tornar o mais profissional possível e com isso gerar mais confiança no teu público e potenciais clientes.

Espero que este artigo tenha sido útil e que tenhas colocado mãos á obra para começares a criar o teu blog para partilhar os melhores conhecimentos que tens dentro de ti.

Se este artigo te foi útil peço-te que partilhes, nas redes sociais, etc, se te ajudei a ti, podes agora ao partilhar ajudar outras pessoas. E continua no nosso blog, temos mais artigos que te podem ser muito úteis no futuro :)Espero-te no próximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *